Finanças e Orçamento

Como eu comecei 2018 economizando R$100

Hoje fui na farmácia acompanhar uma amiga e acabei colocando em prática uma ideia que tive inspirada por um vídeo que assisti ano passado. Nesse vídeo a pessoa falava de como economizava dinheiro comprando os itens de primeira necessidade todos de uma vez, pois aproveitava os descontos oferecidos em pacotes como “compre 3, pague 2”. No caso, a pessoa se referia a sabonetes e shampoos, por exemplo. Bom, sou uma consumidora mensal de anticoncepcional, assim como muitas mulheres, e sempre que realizava a compra deste item acabava comprando uma cartela, ao invés da embalagem com três. No meu caso, uma caixa unitária custa em média R$35 (as vezes, conseguia pagar R$33, mas já cheguei a desembolsar R$37 pelo mesmo produto), enquanto uma caixa tripla custa em média R$75 (as vezes R$80). 
O cálculo
Fui consultar os valores pois recebi um SMS avisando que as caixas unitárias estavam saindo R$30 e a atendente me informou que a caixa com três estava R$75. Na hora fiz um cálculo apressado e desanimei de desembolsar os R$300 no débito para adquirir 4 caixas triplas. Mas enquanto esperava na fila do caixa, percebi que estaria pagando R$25 por cartela nesse caso. Mudei de ideia e retornei ao balcão. Infelizmente, eles apenas tinham em estoque mais 1 caixa tripla e 3 caixas unitárias. Nesse caso, o maior desconto que poderia obter pela 3 unitárias seria de R$26 por caixa, totalizando R$80, e não os R$75 da caixa tripla. Negociei então com o farmacêutico que me atendia e ele me deu um novo desconto em cada caixa tripla: R$67 cada uma. Levei então 9 cartelas pelo preço total de R$215.
Fiz os cálculos com calma ao chegar no escritório, batendo o preço médio (não o promocional) de cada caixa unitária, R$35, e caso tivesse seguido com o mesmo esquema de sempre, comprando uma unidade por mês e mantendo esse valor, e descobri que meu custo total no final do período teria sido de R$315. Isso me rendeu uma economia de R$100, o equivalente a R$11 por caixa. Como na fila da farmácia tinha apenas comparado os valores meio que por cima, fiquei bastante surpresa com o resultado: simplesmente nunca tinha feito essa conta. E pelo resultado ter sido tão significativo, achei que era minha obrigação compartilhar isso com vocês! 🙂
Quantas coisas compramos sempre e sequer questionamos o preço pago? R$100 te parece pouco? Tenho uma histórinha que te fará mudar de ideia: uma vez em uma loja no shopping vi um urso de pelúcia gigante que custava R$370. Falei então “Nossa, um urso de pelúcia de R$400?!”. O gerente, conhecido meu, simplesmente me perguntou “Se você me desse R$400 em dinheiro vivo, não gostaria de ter seus R$30 do troco de volta?”. Bom, é óbvio que sim! “Então, o urso não custa R$400, ele custa R$370.”
E você? Não gostaria de ter R$100 em mãos agorinha mesmo?
Compartilhe esse post nas suas redes sociais!

4 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *