• Vida real

    Passando o fim de semana fora de casa

    Final de semana fiz uma coisa bem fora do comum (para mim!): dormi fora de casa. Sempre tive dificuldades para fazer malas de viagem pequenas e, quando estava destralhando minhas bolsas, resolvi deixar uma bolsa da época do curso de cabeleireiro exatamente para me ajudar com isso. Eu costumava carregar nessa bolsa todo meu material e meu uniforme, então deveria servir como mala de viagens perfeitamente bem. Alias, alguém mais se sente super inteligente quando quebra essa ideia de que um determinado objeto só serve para um uso específico e reaproveita ele para algo diferente? Sim? Que bom! 🙂 Taí, minha mala para o fim de semana! Levei comigo um…

  • Beleza

    Falando em desafios: o grande desafio de maquiagem!

    Destralhar e desapegar faz bem, mas chega uma hora em que você se encontra cercada apenas de coisas que você gosta, mesmo que ainda com mais coisas do que pretendia nesse ponto. Comigo isso acontece com relação a minha maquiagem. Considerando que houve um tempo em que eu trabalhava com maquiagem profissionalmente e que ainda hoje sou a maquiadora da família (ajudando os entes queridos a economizar em ocasiões especiais) minha coleção hoje é bem menor do que já foi um dia. Porém ainda está grande demais… O maior problema, na verdade, é que eu não uso todo isso diariamente porque eu esqueço. Pensando nisso  acabei tendo uma ideia divertida:…

  • Recomendo

    Un-fancy

    UnFancy nasceu do desejo de simplificar minha vida. É uma mistura de duas de minhas coisas favoritas: estilo pessoal + minimalismo. Nem sei como, mas a hora que vi já estava lá. Tropecei no blog Un-Fancy e devorei cada palavra em apenas dois dias. A autora, Caroline, é uma americana que em determinado momento percebeu que o ponto chave não era ter muitas coisas, mas umas poucas que a fizessem realmente feliz. Usando algumas referências de capsule wardrobe, como o Project 333, ela determinou as linhas gerais do projeto #unfancy: 37 peças, 3 meses. Por que 37 peças? Porque ela (assim como eu!) gosta de trabalhar com múltiplos de 3 (deveriam ser…

  • Vida real

    Desafios que me ajudam a viver

    Não sei se é obra dos meus TOCs, se sou extremamente metódica ou se apenas sou uma pessoa como qualquer outra, mas por algum motivo inexplicável tenho uma quedinha por desafios ( e quando falo desafios estou me referindo aos mais bobos possível, do tipo “escolher um vidro de esmalte para usar até o fim” ou mesmo o Jogo Minimalista). Parece que eu vivo a vida através dos meus desafios, porque me falta a habilidade de fazer isso através da passagem do tempo. Claro que eu mal consigo completar um desafio, porque estou sempre de olho no próximo. A brincadeira da vez foi escolher 100 títulos de livros, escreve-los em…

  • Beleza

    Como eu faço minha maquiagem de todos os dias

    Dizem que você deve conhecer as regras antes de quebrá-las, ou melhor, para poder quebrá-las direito. Por isso mesmo meu professor do curso de maquiagem teria um ataque cardíaco lendo esse post de hoje, porque apesar do meu diploma eu quebro várias regras! Eu sou adepta do “quanto mais simples melhor” como já deixei bem claro por aqui, afinal, se não for simples eu não estou disposta a fazer. Pensando nisso e com a ideia fixa de colocar em uso as coisas que ficam rodando por aqui acabei bolando essa combinação que eu uso no meu dia-a-dia: protetor solar misturado com o iluminador líquido! Esse protetor está por aqui a…

  • Vida real

    A saga da sapatilha – O Retorno!

    Parece que foi ontem que eu me sentei aqui para dividir com vocês minhas frustrações tentando encontrar uma sapatilha para chamar de minha. Hoje eu sento aqui para falar que meu romance com as bonitinhas chegou ao fim. É isso, não dá mais. Apesar de isso ser algo pessoal, eu cheguei no meu limite com os dois pares acima. O branco/nude está rasgando nas laterais e o preto listrado fica descolando na frente e eu fico tropeçando por onde ando (não que eu precise de incentivo, afinal já sou desastrada por natureza!) Como eu ainda tenho pesadelos com a minha última experiência com o ato de “comprar sapatos”, resolvi já…

  • Vida real

    O mundo está nos seus olhos

    Um belo dia eu estava pegando minhas coisas na geladeira do serviço, com minha mochila da academia/faculdade nas costas. Uma outra estagiária com quem eu não conversava muito estava impedindo a passagem para fora do local onde eu me encontrava, mas mesmo assim eu pensei “ah, eu consigo passar!”. O resultado foi que minha mochila bateu no cotovelo dela, que segurava uma xícara de café quente e usava calças brancas. A receita para o desastre, com tudo para dar errado. Felizmente não caiu café nas calças dela, apenas no balcão. Desde então eu peguei bronca dessa pessoa. Achava ela tão nojenta, tão arrogante, tão cheia de si. E todo mundo…

  • Estilo,  Pinterest

    Escolha suas cores

    Essas são as minhas cores no momento e a maneira como eu coloco elas em uso durante o dia-a-dia! A primeira grande escolha que você deve fazer ao pensar no seu novo guarda roupas, ou mesmo na imagem que você quer transmitir, é a paleta de cores que você vai usar. Eu tenho um relacionamento engraçado com as cores: quando eu era adolescente usava muito preto; na época do meu primeiro emprego e depois no curso de cabelos eu comecei a sentir uma necessidade enorme de me expressar através das cores; hoje eu estou com um estilo mais sóbrio, isso por causa dessa história de minimalismo e sob influencia da…

  • Estilo

    Vestir-se é fácil

    Pode parecer um bicho de sete cabeças, mas se vestir na verdade é algo muito simples: você cobre seu corpo, veste uns calçados para não machucar os pés e pronto. Está pronto para ganhar as ruas. Então qual é a dúvida? Se é tão simples, porque complicamos tanto? Existe uma citação da Coco Channel que mudou radicalmente minha relação com as roupas: antes de sair de casa, volte para a frente do espelho e retire um acessório. Traduzindo: menos, é mais. Se menos é mais, então o melhor é que esse “menos” seja de extrema boa qualidade. É aquela velha história: ao invés de comprar três casacos novos, compre um…

  • Estilo

    Regras existem para serem quebradas

    Esqueça as regras: se você gostou, use. Qual o seu tipo de corpo? Seu tom de pele? Quais cores te favorecem? Se você está realmente procurando por estas respostas, então pode desistir de conseguir um estilo pessoal. De acordo com essas respostas, eu nunca, em tempo algum, poderia usar um short branco, e adivinhem qual é a minha peça de roupa favorita? Nada nunca limitou tanto meu estilo quanto tentar enquadra-lo nessas respostas, nem mesmo possuir poucas roupas. O estilo pessoal é uma coisinha mágica que transparece quando nos sentimos confortáveis usando uma determinada peça de roupa. Uma camiseta branca pode se manifestar das mais diversas formas, e isso depende…