• Vamos destralhar?

    Vamos destralhar a mesa de cabeceira?

    Lembram daquele dia que eu sugeri fazermos um destralhe juntos? Bom, escolhi a mesa de cabeceira para começarmos! A ideia é começarmos por lugares bem simples, fazer uma coisa divertida. Comecei pensando “o que eu espero da minha mesa de cabeceira?” A resposta foi a seguinte: Espero que a superfície dela fique sempre vazia, com exceção do abajur e da garrafa de água. Isso porque quando estou lendo e bate aquele sono, quero apenas esticar o braço e colocar o livro ou o tablet ali, sabendo que não vou colocar sobre algum outro objeto que vai derrubá-lo no chão (já aconteceu antes). Ao mesmo tempo, quero ter certos objetos a…

  • Vida real

    O que fazer com o espaço que apareceu?

    Conforme eu falei aqui com todos os destralhes surgiu esse belo espaço no meu guarda-roupas. Nesse fim de semana eu estava organizando minhas roupas (prática que eu realizo pelo menos duas vezes ao mês com a ajuda do meu inventário, para saber o que eu tenho usado e o que não, o que está na lavanderia e o que precisa de uns ajustes) e percebi que existem muitas peças sendo negligenciadas. Bom, que tipo de falsária eu seria se viesse aqui exibir meus grandes feitos minimalistas enquanto esse crime continuava a acontecer debaixo do meu nariz? Tomei então duas providências simples para cuidar dessa situação: 1) Coloquei todas as minhas…

  • Vida real

    Quarto SUPER bagunçado? Acho que não!

    Não é de se estranhar que o post com o maior número de visitas aqui do blog é aquele onde eu falei sobre meus problemas com a bagunça que me cercava. Na época eu fiquei extremamente ofendida por perceber que todos os meus melhores esforços não estavam trazendo o resultado esperado. Então continuei destralhando e desapegando, cada dia mais consciente do que me cercava. A foto da esquerda foi tirada em setembro de 2013 e a da direita, ontem. Nove meses de diferença separam essas duas realidades. Hoje eu olho a foto da esquerda e fico chocada com a imensa quantidade de objetos que me cercava. Fico perturbada e parece…

  • Frugalidade e minimalismo

    A busca

    Existe um texto de um minimalista famoso (falando assim parece até uma profissão!) onde ele diz que ser minimalista exclui a necessidade de ser organizado: quando se tem tão pouco é impossível criar o caos. Eu acabei sendo fisgada por essa ideia e acredito que no momento esse é o meu objetivo, apesar de acreditar na organização como uma ferramenta para uma vida melhor. Minha vida é de uma intensidade frenética e lidar com isso somado a lidar com muitos objetos me esgotava. De excessos já me basta a rotina. Eu sou o tipo de pessoa que precisa se sentir em movimento constante e a melhor forma de faze-lo de…

  • Vida real

    Nunca foi tão fácil.

    Ontem meu pai e eu decidimos começar a pintar meu quarto. Se você acha que isso significa acordar cedo, errou. Acordei depois da uma da tarde e tranquilamente tomei meu café. O quarto? Desmontei em menos de 10 minutos. Meu pai olhou em volta enquanto eu guardava algumas coisas dentro do guarda roupas e disse: nossa, seus armários nunca estiveram mais arrumados, não é? Publiquei essa foto e uma amiga de longa data comentou: nossa, seu quarto? Irreconhecível!  Se esse é seu primeiro acesso ao blog pode estar pensando “grande coisa!”, mas toda essa “facilidade” me transborda: o fato de eu  ainda não estar satisfeita conflita com o reconhecimento do…

  • Vida real

    O fantástico espaço no guarda-roupas

    Há algumas semanas eu venho reparando que os gaveteiros do meu guarda roupas estavam mais vazios do que me ajudando a organizar minhas coisas. Ontem resolvi fazer o teste e retirá-los do guarda roupas: se ficasse ruim sem eles, eu colocaria de volta e pronto. Eis que meu choque não poderia ter sido maior: aqueles gaveteiros, que antes estavam abarrotados de coisas, foram substituídos por uma caixa. Ainda sobrou espaço para trazer para meu guarda roupas as outras caixas do trio, que nunca couberam ali. Tudo que restou está aí! Eu nunca ia imaginar que isso poderia um dia ser verdade. Parece tão bobo, mas para quem já teve o…

  • Vida real

    196 objetos de uso pessoal

    Acabei de terminar meu primeiro ciclo documentado de destralhe dos meus objetos de uso pessoal. Ainda bem que eu pensei em criar um diário, senão teria sido complicado companhar o progresso. Meias: 13 (-1; +2) Agora com o tempo mais frio estou usando mais, porém não passei pela situação de ficar sem nenhuma para usar, por exemplo. Esse número vai diminuir ainda, mas agora só conforme o uso. O par que eu me desfiz foi uma meia fina que desfiou e os pares que eu comprei foram um para repor o que desfiou e um par de meias finas soquete cor de pele. Calcinhas: 20  É bem provável que o número…