Não dá mais para continuar assim

Cheguei hoje de madrugada da minha viagem de férias. Eu sabia que essa viagem seria definitiva na minha jornada pessoal desse ano, sentia dentro de mim. E foi mesmo, muitas coisas mudaram. Algumas mudanças não vou dividir agora pois ainda não estão definidas, mas uma delas está engatilhada e preciso do incentivo de vocês para…

Continue lendo

Procura-se um uniforme

E aí eu resolvi que seria interessante ter um uniforme. Sabe, aquela roupa que você usa todos os dias? Talvez, para deixar mais legal eu poderia chamá-lo de signature look. Mas o importante, no final, é a essência da coisa. Desde nova, eu odeio me vestir. Simples assim. Meu relacionamento com o guarda-roupa sempre foi…

Continue lendo

Só Tatiana, e está bom demais

Quantos rótulos carregamos por aí? Bom, quando era mais nova eu gostava mesmo era de encher a boca para falar que era “cabeleireira, maquiadora, fotografa, blogueira, secretaria, namorada, minimalista, vegetariana” etc etc etc. Hoje percebo como isso é perda de tempo. Não quero mais provar nada para ninguém. Uma das minhas muitas fotos tiradas com…

Continue lendo

32/365 – Comprei uma revista que mudou a minha vida

Atenção: esse post não é um publieditorial. Todas as opiniões expressadas nesse blog são de minha autoria, assim como a revista foi comprada com o meu próprio dinheiro.  Quem acompanha o blog está careca de saber que eu não compro revistas há alguns anos. Mas semana passada não resisti e, em pleno desafio de 1…

Continue lendo

1/365 dias sem comprar

Hoje é segunda-feira e agora são 8h30 da manhã. Acabei de pegar o ônibus a caminho do trabalho, atrasada porque o o ônibus demorou a passar. Aproveito esse tempo para começar meu diário do ano sem compras. Acordei querendo usar meu vestido novo, mas ao mesmo tempo me ocorreu que não teria nada de especial no…

Continue lendo

O que existe depois do término

Era uma vez um relacionamento que prometia durar para sempre, um casal que se amava muito e o início de uma vida feliz, um ao lado do outro. Mas em um dia, como qualquer outro dia normal, tudo isso terminou. Apesar de parece sinopse de conto de fadas, isso descreve exatamente como me senti após…

Continue lendo